terça-feira, 25 de outubro de 2011

Risoto de Vinho Tinto, Linguiça e Funghi



Hoje resolvi arriscar um risoto diferente e optei pelo vinho tinto ao invés do branco.
Já tinha visto algumas receitas de risoto com vinho tinto, mas ainda não tinha experimentado fazer. Pra acompanhar escolhi ingredientes fortes que combinassem com o sabor do vinho. Ficou simplesmente SENSACIONAL!!! Por isso resolvi dividir a receita com vocês :)


Você vai precisar de:

- 1 ½ xícara de chá de arroz arbóreo
- 40 gr aproximadamente de funghi secchi
- 1 taça de vinho tinto
- 3 colheres de sopa de cebola picada
- 1 cubo de caldo de carne dissolvido em 1 ½ de água
- 2 colheres de sopa de manteiga de boa qualidade
- Pimenta do reino branca ou preta a gosto
- 2 colheres de sopa de queijo grana padano ralado
- linguiça calabresa a gosto picada (eu usei a Berna que é muito boa)


E vai fazer assim:

Lave o funghi e corte ao meio os pedaços maiores, depois coloque-os de molho por aproximadamente meia hora em uma tijela com água aquecida.
Coloque 1 ½ litro de água para esquentar com o cubo de caldo de carne (sem deixar ferver).
Depois refogue um pouco a cebola com 1 colher de sopa de manteiga, escorra o funghi (reservando a água em que ele ficou de molho), acrescente à cebola e termine de refogar.
Após, acrescente a linguiça picadinha (antes de usar eu coloco de molho na água fervente pra tirar o excesso de gordura), acrescente o arroz arbóreo e refogue por uns dois minutos. Coloque pouco sal no arroz (só uma pitada) porque o caldo de carne e a linguiça já tem sal e o grana padano que você vai colocar no final também já é salgado.
Acrescente então o vinho tinto e deixe evaporar. O vinho fará com que o arroz libere o amido. Depois que o vinho tiver evaporado você vai primeiro colocar a água em que você deixou o funghi de molho e que estava reservada e depois vá acrescentando aos poucos o caldo de carne que já estará aquecido a esta altura. Coloque uma concha de caldo por vez. Só coloque mais caldo quando o arroz começar a secar. Continue nesse processo de colocar o caldo aos poucos (sem parar de mexer para não grudar no fundo da panela) até o final do preparo do risoto. O arroz irá cozinhando lentamente dessa forma. Você saberá que o risoto está quase pronto quando o arroz estiver quase ao dente e cremoso. Nesse momento você colocará o queijo grana padano e a manteiga que falta (1 col sopa), incorporando-os aos poucos ao risoto. O arroz deve ficar macio, mas sem ficar mole. Acerte o sal, se necessário, e adicione a pimenta do reino. Deve ser servido imediatamente após o preparo. Sirva com queijo grana padano ralado.
Serve duas pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário