quinta-feira, 4 de junho de 2015

Bucatini de Parma com Gorgonzola


Depois de mais de 3 anos ausente (pelos mais diversos motivos, em que todos convergem para a falta de tempo), estou aqui numa tentativa de ressuscitar o blog.

Resolvi recomeçar com esse prato que eu fiz a partir de uma receita da minha amiga-irmã Dani Mulatinho – que tem esse blog indicado aí do lado “Um chopp e a conta”.

A receita original da Dani era uma massa com molho de gorgonzola e creme de leite que fica ótima (receita ótima pra mim é aquela fácil de fazer e que fica muito gostosa). Mas, como toda a gordura do gorgonzola não foi suficiente pra mim, resolvi acrescentar um presunto de parma porque “combina”. Combinou mesmo!

Então abaixo eu vou passar a receita “magra” só com o gorgonzola :) e minha versão com o parma.



Ingredientes:
- 500 gr de massa curta ou longa;
- 1 colher de sopa de manteiga;
- 1 colher de sopa cheia de cebola picada;
- 180 gr de gorgonzola picado em cubinhos;
- 100 gr de presunto de parma também picado em cubinhos (opcional);
- 1 caixinha de creme de leite;
- leite, se necessário;
- noz moscada a gosto



Modo de Fazer:

Esse molho fica pronto bem rápido. Sugiro que um pouco antes de começar já coloque a panela da massa com água para ferver. Feito isso é só derreter a manteiga e dourar a cebola (a receita original não leva cebola. Então se você não quiser usar, vai ficar bom do mesmo jeito).

Se for fazer com o parma, o passo seguinte é acrescentar o parma picado e refogar um pouco, depois acrescente o gorgonzola em cubinhos.

Depois que o gorgonzola derreter bem é só acrescentar o creme de leite. Se achar que ficou muito grosso, acrescente um pouco de leite. Eu sempre acrescento um pouquinho. Finalizo com uma boa quantidade de noz moscada (que é o tempero que mais combina com queijo). Mas se não for do seu gosto, dispense.

Feito isso é só ir misturando aos poucos a massa pronta no molho.
Eu gosto de fazer com massa longa. Esse da foto eu fiz com bucatini que é uma massa parecida com espaguete só que furada no meio. Essa massa foi a que fez o molho render menos, porque o buraco no meio absorve mais o molho. Já fiz também com linquine e fica muito bom.
Fica ótima também com massa curta (penne). A vantagem da massa curta é que o molho rende mais.

Serve 3 pessoas.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Damasco Recheado com Pasta de Gorgonzola



Esses damascos eu fiz no Natal e até hoje não tinha conseguido postar aqui no blog.
Na verdade, estou com várias receitas assim, pendentes de postagem por absoluta falta de tempo.

Mas vamos ao que interessa! Esses damascos são muito fáceis de fazer. A primeira vez que comi foi em um jantar na casa da Carolina Almeida (sempre ela!!!) e resolvi reproduzir na ceia de Natal da minha mãe.

Foi muito legal ver como uma idéia tão simples fez tanto sucesso. Talvez o fato de todo mundo lá em casa gostar de damasco e de gorgonzola tenha ajudado bastante :) De qualquer forma, fica a dica!

E muito simples! Você só tem que fazer uma pasta de gorgonzola que tenha uma consistência mais firme (não pode ficar muito pastosa porque assim o recheio vai vazar). Eu fiz uma pasta com gorgonzola amassado e creme de ricota (que tem a consistência parecida com o requeijão Danúbio).

Depois é só abrir os damascos quase cortando-os completamente e rechear usando uma espátula para a borda ficar mais reta.
A quantidade de pasta vai depender de quantos damascos você quer rechear. Eu fiz de olho mesmo, acho que você também pode fazer assim.
Sirva como entrada.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Bolo de Limão da Carol



Quem me deu a receita desse bolo foi minha amiga Carolina Almeida, cozinheira de mão cheia e que sempre me ensina coisas legais pra fazer na cozinha.

Essa receita é muuuito fácil. Você faz o bolo com massa pronta e acrescenta uma cobertura facinha de fazer, que parece aquele recheio de torta de limão.

Você vai usar a massa de Bolo de Limão Cremoso da Fleischmann e vai fazer o bolo conforme as instruções da embalagem. Não se preocupe que o bolo não vai ficar com gosto artificial. Esse fica fofinho e com gosto de bolo feito em casa. Garanto!!!

Depois que o bolo estiver pronto, acrescente a cobertura, que você vai fazer assim: misture uma lata de leite condensado com o suco de um limão grande. Antes raspe a casca do limão (apenas a parte verde) e reserve. Depois que a mistura estiver homogênea, acrescente as raspas e cubra o bolo com esse creme. Você vai perceber que o suco do limão deixa o leite condensado mais grosso, no ponto ideal pra fazer cobertura.

Simples assim e fica delicioso!!!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Risoto de Vinho Tinto, Linguiça e Funghi



Hoje resolvi arriscar um risoto diferente e optei pelo vinho tinto ao invés do branco.
Já tinha visto algumas receitas de risoto com vinho tinto, mas ainda não tinha experimentado fazer. Pra acompanhar escolhi ingredientes fortes que combinassem com o sabor do vinho. Ficou simplesmente SENSACIONAL!!! Por isso resolvi dividir a receita com vocês :)


Você vai precisar de:

- 1 ½ xícara de chá de arroz arbóreo
- 40 gr aproximadamente de funghi secchi
- 1 taça de vinho tinto
- 3 colheres de sopa de cebola picada
- 1 cubo de caldo de carne dissolvido em 1 ½ de água
- 2 colheres de sopa de manteiga de boa qualidade
- Pimenta do reino branca ou preta a gosto
- 2 colheres de sopa de queijo grana padano ralado
- linguiça calabresa a gosto picada (eu usei a Berna que é muito boa)


E vai fazer assim:

Lave o funghi e corte ao meio os pedaços maiores, depois coloque-os de molho por aproximadamente meia hora em uma tijela com água aquecida.
Coloque 1 ½ litro de água para esquentar com o cubo de caldo de carne (sem deixar ferver).
Depois refogue um pouco a cebola com 1 colher de sopa de manteiga, escorra o funghi (reservando a água em que ele ficou de molho), acrescente à cebola e termine de refogar.
Após, acrescente a linguiça picadinha (antes de usar eu coloco de molho na água fervente pra tirar o excesso de gordura), acrescente o arroz arbóreo e refogue por uns dois minutos. Coloque pouco sal no arroz (só uma pitada) porque o caldo de carne e a linguiça já tem sal e o grana padano que você vai colocar no final também já é salgado.
Acrescente então o vinho tinto e deixe evaporar. O vinho fará com que o arroz libere o amido. Depois que o vinho tiver evaporado você vai primeiro colocar a água em que você deixou o funghi de molho e que estava reservada e depois vá acrescentando aos poucos o caldo de carne que já estará aquecido a esta altura. Coloque uma concha de caldo por vez. Só coloque mais caldo quando o arroz começar a secar. Continue nesse processo de colocar o caldo aos poucos (sem parar de mexer para não grudar no fundo da panela) até o final do preparo do risoto. O arroz irá cozinhando lentamente dessa forma. Você saberá que o risoto está quase pronto quando o arroz estiver quase ao dente e cremoso. Nesse momento você colocará o queijo grana padano e a manteiga que falta (1 col sopa), incorporando-os aos poucos ao risoto. O arroz deve ficar macio, mas sem ficar mole. Acerte o sal, se necessário, e adicione a pimenta do reino. Deve ser servido imediatamente após o preparo. Sirva com queijo grana padano ralado.
Serve duas pessoas.

domingo, 2 de outubro de 2011

Camarão Cremoso Light




Agora nessa fase que estou de dieta o maior desafio tem sido cozinhar alguma coisa que não tenha gosto de alface com chuchu. Logo eu que adoro um azeite, creme de leite, parmezão...enfim, não tem sido fácil.

Mas uma dica muito legal da minha nutricionista, e que faz toda diferença no sabor sem fugir da dieta, é usar o requeijão zero da Danúbio como substituto do creme de leite (mas não é o requeijão light, tem que ser o zero mesmo).

Experimentei o requeijão fazendo um camarão que ficou DELICIOSO e bem leve.
Fiz assim:

Você vai precisar de:

- 600 gr de camarão limpo descascado
- 1 vidro de requeijão Danúbio zero
- 3 colheres de sopa de cebola picada
- 2 dentes de alho amassados
- ½ limão siciliano
- cebolinha, coentro e curry a gosto
- 1 pimenta dedo de moça sem sementes (se pra você a pimenta é muito forte substitua por Tabasco)
- sal e pimenta do reino a gosto
- 3 colheres de sopa de extrato ou molho de tomate para dar cor


E vai fazer assim:

Primeiro amasse um dente de alho e coloque com o camarão para marinar junto com o suco do limão siciliano, sal e pimenta do reino (meia hora marinando é suficiente)
Depois refoque o camarão com um pouco de azeite (pra usar menos azeite refoguei o camarão em uma wok antiaderente). Reserve o camarão.

Nessa panela em que você refogou o camarão refoque agora a cebola, com 1 dente de alho num fio e azeite. Acrescente então o camarão, cebolinha, pimenta, coentro, curry e misture tudo. Coloque o requeijão e vá mexendo até incorporar totalmente ao camarão. Acrescente um pouco de água pra não secar muito o creme. Coloque então o extrato ou molho de tomate para o creme ficar com uma cor rosada. Só isso!!! Agora é só servir com arroz branco - no meu caso teve que ser com arroz integral com linhaça, mas mesmo assim ficou muito bom :)
Serve duas pessoas.

sábado, 24 de setembro de 2011

Moussaka - Lasanha de Beringela



Esse foi o prato do dia no almoço de família e foi sucesso total!!!

Moussaka é um prato parecido com a lasanha, só que no lugar da massa você usa fatias de beringela e por isso é MUITO mais saudável do que a lasanha tradicional e é delicioso.

Já tinha tentado fazer Moussaka algumas vezes, mas não tinha dado muito certo.
Gostei bastante dessa receita porque, além de simples, fica muito saborosa.

Ao contrário de várias receitas de Moussaka que eu já vi, essa não leva molho Bechamel (por isso achei bem mais leve).

Você vai precisar de:

- 3 beringelas não muito grande descascadas e cortadas em fatias
- 800 gr de carne moída
- 1 cebola picada
- 1 dente de alho grande
- 1 cubo de caldo de carne
- Molho de tomate (aproximadamente 3 colheres de sopa)
- 400 gr de muzzarela
- molho de pimenta
- louro, canela e cecolinha a gosto
- queijo parmezão para polvilhar


E vai fazer assim:

Doure a cebola e o alho e acrescente a carne moída. Acrescente o louro e refogue bem a carne (até perder todo o líquido e ficar dourada). Depois acrescente o caldo de carne, o molho de tomate, uma pitada de canela (acredite, a canela faz toda a diferença!), o molho de pimenta (usei Tabasco) e a cebolinha.
Acrescente algumas colheres de molho de tomate apenas para que a carne moída não fique seca.
Coloque as fatias de beringela pra cozinhar levemente (apenas por alguns minutos) em uma panela grande com água fervente e sal. Retire com uma escumadeira para tirar o excesso de água. Esse pré-cozimento evita que a beringela solte muita água na hora que você leva o prato ao forno.

Monte o prato com as seguintes camadas: beringela/carne/muzzarela/carne/beringela/muzzarela. Polvilhe com queijo parmezão e leve ao forno até gratinar. Eu deixei uns 40 min no forno.

sábado, 3 de setembro de 2011

Bolo de Banana Fácil



Minha mãe sempre faz esse bolo em casa, que é perfeito pra acompanhar um café.
O curioso dessa receita é que ela não leva farinha de trigo e sim farinha de rosca, mas você nem vai perceber a diferença.
O bolo fica delicioso e o cheiro que ele espalha pela casa quando está pronto é irresistível!

E o melhor: é uma das receitas mais fáceis de bolo de banana que eu já fiz! É só bater uma parte dos ingredientes no liquidificador e depois acrescentar o restante misturando tudo.

Você vai precisar de:

- 4 bananas maduras
- 3 ovos grandes
- 1 xícara de chá de óleo de canola ou girassol
- 2 xícaras de chá de açucar
- 2 xícaras de chá de farinha de rosca
- 2 colheres de sopa de fermento em pó
- canela em pó a gosto (coloco duas colheres de chá)


E vai fazer assim:

Bata no liquidificador a banana picadinha, os ovos (de preferência peneirados), o óleo e o açucar. Reserve.
Em uma tigela grande misture a farinha de rosca, o fermento e a canela. Depois acrescente a mistura batida no liquidificador aos poucos até formar uma massa homogênea.
Unte uma forma com buraco e polvilhe com farinha de rosca (não polvilhe com farinha de trigo senão o bolo vai grudar na forma)
Leve para assar em forno pré-aquecido em temperatura média por aproximadamente 30 minutos.